Busca

Natália Audi

Crônicas e afins.

Notas sobre o amor: ele existe

Acreditar no amor se tornou tarefa difícil. E não é pela falta de declarações dele, não. Tá faltando mesmo é sentimento. Honestidade. Sinceridade. Aliás, tá faltando muita coisa. O mundo anda tão extremista. Se importar é desespero, não ligar é... Continue lendo →

Anúncios

Pra você que me esqueceu, aquele abraço

Já cantarolava Gilberto Gil no meio de muitos abraços. A mensagem é boa. É clara. É concisa. Assim como o fato certeiro de que o Rio de Janeiro continua lindo. Assim, também, como a certeza de que a gente nunca... Continue lendo →

Eu esqueci, foi o Alzheimer

O Alzheimer levou a minha vontade de sorrir. Minha vontade de viver. Levou todas as minhas boas lembranças naquela casa. Levou todas as minhas más lembranças também. Levou até a sensação, em si, de casa. O Alzheimer não levou a... Continue lendo →

Desculpe o transtorno, preciso falar de mim

Então é isso, eu preciso falar de mim. Preciso. Realmente preciso. Por muito tempo, eu venho ignorando, pensando nos outros, amando os outros e esquecendo de mim por outros. Eu desapareci. Eu sumi. Quando a gente não se enxerga é... Continue lendo →

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑